sábado, 13 de outubro de 2012

NADA CONVENCIONAL

Nada Convencional
Ruthy Neves
Google imagem


Amor nada convencional
Criado na areia... Do tempo
Solto ao vento...
Borboleteia.
Sem amarras...
Simples, puro, esperançoso.
Na ideia até fogoso.

A mente cria imagens...
Vontades...
Do que seria... E não foi.
A espera de dois...
Nas vizinhanças passeia.
Rumo truncado...
Passo errado.
Nunca chega, não romanceia.

Tece teia de fios de desilusão...
Nos emaranhados da solidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário