domingo, 3 de abril de 2011

REMINISCÊNCIAS

REMINISCÊNCIAS


Valdir Merege Rodrigues


Nove árvores, um rancho e um ribeirão,


assim era a fotografia


que o tempo ao pensamento me trouxe


para revelar na paisagem insignificante


a grandeza da arte de pintar


e a todos mostrar as reminiscências do poeta


que ressurge por meio da natureza


dando compasso ao significado da vida


e ritmo às coisas que vem do coração!


***


Lilian Andrade

sábado, 2 de abril de 2011

MELHOR CARNAVAL




MELHOR CARNAVAL


Lairton Trovão de Andrade



Quero dançar carnaval,


carnaval como jamais;


desejo erguer meu astral,


sufocando os tristes ais!



Serei, de novo, o Pierrô,


saltitando na avenida;


qual tempo do meu avô,


terei alegria e vida.


Venha, cheirosa bonina,


brinquemos como ioiô!


Venha, doce Colombina,


sou carinhoso Pierrô!


Até do gordo Rei Momo


iremos roubar a cena;


você será linda ( e como!),


ornada de açucena!



Com seu coração em mim,


dancemos no mesmo paço!


Veja o engraçado Arlequim,


pulando como palhaço,


Enche-nos de fantasias,


folias de fevereiro;


em meio às alegorias.


brinquemos o dia inteiro!


No brilho da serpentina,


não percamos nosso enredo;


sou Pierrô – és Colombina,


amemo-nos, sim, sem medo!


***


Lilian Andrade

MUNDO



MUNDO


Efigênia Coutinho


Como o mundo seria


mais mundo e menos "mudo",


se cada um


moldasse uma partícula


de argila de sua alma [...]


***


Lilian Andrade