segunda-feira, 28 de maio de 2012

ETERNOS NAMORADOS



Eternos namorados
 
Candy Saad
 
Quero encantar teu ser
como nos tempos da conquista...
Ficar hipnotizada com teu olhar,
coração pulsar  forte como
uma canção de pura emoção,
ao ouvir o som do teu sussurrar ...
Quero que nosso amor,
vá além do que sonhamos...
Em teus braços fazer meu porto
seguro e neles me aconchegar...
Quero ama-lo por toda vida,
com a paixão dos amantes,
companheirismo de grandes amigos e
a cumplicidade de eternos  namorados.
 
Enviado por candy Saad em 25/05/2012
Código do texto: T3688369

VERSÍCULOS (1)




Versículos (  1 )

Delasnieve Daspet

.
Dedilho o violão,
Ensaio uns passos de dança,
Minha parceria é comigo...
.
Ainda que caminhe muito tempo,
Pelas sinuosas estradas
Eu vou...
.
Quem é essa pessoa que vejo,
No reflexo que me olha?
O mar  reflete a  prata da lua, sou eu?!
.
Gargalho...
Rio ate doerem meus motivos...
Só o louco ri quando não há motivo de riso.
.
Minha cabeça está pesada,
Na claridade da luz
Que surge pela fenda da janela...
.
O passado...
Se reduz às cinzas
Da memória...
.
A esperança,
A espera,
Tão doce!
.
Deixo a razão de lado
Nada é racional,
Nada é normal.
.
As vezes não dá
Para sair do parapeito...
O recurso é pular!
.
Dormir,
Morte diária
Aos pedaços!

DD_ Campo Grande – MS, 05 de janeiro  de 2012

sexta-feira, 11 de maio de 2012

PIEDADE, MINHA MÃE!

PIEDADE, MINHA MÃE!
Aparecido Donizetti Hernandez
11-maio- 2012 – 11h56



Sabes que lhe amo, estamos sempre em contradições!
Muitas vezes não a compreendo,
tu muito menos compreendes meus desígnios.
Cada qual vem a essa vida
pra cumprir uma tarefa uma missão.

Nem todos as cumprem, apegam-se a bens materiais.
Apego que não lhe ajudam a evoluir e não contribuem para
a evolução Humana.
Todos sofrem nesse frágil corpo!
Corpo perfeito feito para funcionar sem dores,
Com prazo de validade nesse tempo de sofrimentos.

O Senhor nos deu o livre arbítrio, nos colocou em vossos braços.
Vivo chegamos, não devíamos estar em vossos braços
em um corpo sem vida, com hematomas e feridas.
Cada qual com seus desígnios, em vossos braços com vida,
Juntos na eternidade estaremos nas muitas moradas do nosso Senhor.


quinta-feira, 10 de maio de 2012

VIEMOS DO PÓ...AO PÓ VOLTAREMOS...QUEM SOMOS AFINAL?




Viemos do pó...ao pó voltaremos...Quem somos afinal?Candy Saad

Uma centelha do infinito
A anos luz uma explosão
Uma faísca do intróito
Ou a costela de adão?
Uma partícula do todo
Um grão de areia no deserto
Filha do Deus altíssimo
Sua imagem e semelhança
A alma que em mim palpita
Caminhando ao infinito
Eterna aprendiz nessa viagem
Na bagagem carrego
Dor transformada em amor
Na escola da vida estou sendo
lapidada pelo criador.
Quando daqui eu me for
Retornando ao pó da origem
Quero deixar plantada
Uma árvore eterna
Que sem data ou estação
colham frutos de amor.

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T2286596

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Recordação... Eternização






Capa do livro:
São Luís / MA
 Aparecido Donizetti Hernandez
Itapevi / SP

Recordação... Eternização

Quero desligar-me da matéria e espírito.
Meu eu está abalado, crise existencial...
Foge-me a força de resistir...

Resisto, sofro... Cedo sofro
Qual caminho aqui?
Difícil decisão!
Oh! Homem porque preferes sempre
Os caminhos mais difíceis?

Vem vindo a hora de acabar,
O homem do sonho, da vida.
Senti uma fraqueza, sorrio de amorosa!

Vem uma revolta: Se sofro!?
Grande matéria sem recursos, desmantelada.
Porém permanece um desejo mole.
Talvez me assombra o arrependimento.
O homem-da-vida afirma... Não.

Mas o homem-do-sonho dá um uno: NÃO!
Quero desligar-me da matéria e espírito.
Meu eu está abalado, crise existencial...
Foge-me a força de resistir...

Resisto, sofro... Cedo sofro
Qual caminho aqui?
Difícil decisão!
Oh! Homem por que preferes sempre

Os caminhos mais difíceis?






Para comenta*9r ou enviar uma mensagem para o poeta, envie email para:
comentarioscbje@gmail.com
Informe
 seu nome, cidade, estado, nome deste autor e/ou título da poesia.



SARAU DO NHOCUNÉ -12 maio 2012


terça-feira, 1 de maio de 2012

A FAMÍLIA em trovas - Wagner Marques Lopes / MG




Estações da família 
A família (Pintura de Simon Silva)
Em questões familiares,
tempos amenos se espera:
depois dos mais frios ares,
bons ventos de primavera.

 Parente e orgulho 
Parente - teste seguro,
renteando nossa paz.
Teremos melhor futuro
livres do orgulho tenaz.


 Os rios dos sentimentos

Fontes de vários lugares
formam rios de portento:
unidos, familiares
dão força aos bons sentimentos.


A educação que de fato conta 

Olhar grave... Assim era
na educação muita antiga...
Hoje, a palavra sincera,
compreensão, mão amiga.

Fonte:

Pavilhão Literário Cultural Singrando Horizontes