quarta-feira, 15 de agosto de 2012

A VERDADE ANGUSTIA

A Verdade Angustia
Ruthy Neves



Olho no espelho para ver o que o meu olhar refletia...
Neste momento era um misto de emoções entre raiva e alegria.
O sangue na veia fervia...
Até agora não tinha entendido...
A falta de um amor que eu sentia, não adiantava em outros braços procurar...
Somente nos teus, os meus sentidos se perdiam.
Era como sempre foi dito:
“Um amor de verdade ferido passa-se o tempo à mágoa vai embora,
e tudo volta à tona com a mesma magia.”
Fiquei só... Viajei... Procurei... Nada satisfazia.
Não queria admitir... Era a tua falta que eu sentia.
A alma está em agonia...
A verdade angustia.
E agora?
Como irei declarar que o que sinto é o oposto do que eu quero...
Será que queria?

Um comentário:

  1. É exatamente como estou me sentindo agora, obrigada meu querido amigo. Um abraço.

    ResponderExcluir