sexta-feira, 24 de agosto de 2012

NAMORANDO

 

Namorado

Idealizei um propósito...
E sigo nesta caminhada.
Às vezes, chego a querer voltar atrás...
Porem vejo que não estou errada.
 
Recorro aos ideais de um amor verdadeiro.
Afeto, aconchego, entendimento as duas vontades.
Sempre procurando dentro de mim...
O que há de melhor para dar nessas verdades.
Para ter amor é preciso conhecer.
Entender-se em primeiro lugar,
E o outro da forma que é.
Só assim, o amor cresce podendo se alimentar.
 
A alma se alimenta de verdades.
Às vezes sofre com isso...
Depois ela se torna animadora...
E mostra que é necessário correr riscos.
 
Às vezes por timidez...
Ou condicionadas a uma rotina.
Deixamos de arriscar, e não tomamos posse...
Daquilo que o amor nos destina.
 
É via de mão dupla...
Fazer ou não fazer, Dar e receber, arriscar e não ser recompensado.
Quem sabe?... Talvez... Mudando... Arriscando um pouquinho.
Ali vai estar o seu eterno namorado.
 
A mente se ilumina em pensamentos incertos... Esperanças...
Mostram em lampejos a minha jornada.
Preciso entender as vozes de entusiasmo na vida.
Senão o fim é ficar só, sem amor para a caminhada.

Ruthy Neves
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário