terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

SOL ESCALDANTE

A arte literária é consequência da própria vida, viver é a arte do inexplicável, das dúvidas e da esperança.

Aparecido Donizetti Hernandez


SOL ESCALDANTE
Maria Magdalena de Oliveira Ayres Sagvalis


Sol Escaldante...
Preciso ir ao encontro
Do amanhã!
Manhãs de abril...
Incansável!

Quero, Senhor, nada saber
Cidade grande...
É lá que quero ir
Encontrar o meu amanhã.

Não mais o Sol
Escaldante,
A cerração fecha minha frente,
Prossigo...
Encontro o Viaduto do Chá
Freneticamente, parece sem rumo,
Chapéus, luvas, casacos...é tudo frio
Nem um olhar,
Muito menos um bom dia!

Apitos, apitos, carros, ônibus e fábricas fumegam
Madames em seus Cadilacs...
Essa é São Paulo, que me alucina...

Sou uma universitária,
Um comerciante,
Um ambulante,
Mais um poeta,
Malandro com cara de vagabundo?
Nada disso...
Sou mais um em busca de sonhos,
Sonhos do Saber!


Marcas Poéticas - direito autoral de Aparecido Donizetti Hernandez


------------

Lilian Regina de Andrade

Postado no grupo mahavidya em 12 de fevereiro de 2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário