quinta-feira, 12 de julho de 2012

TANTOS SONHOS!


Tantos sonhos!
Google Imagem

SOL Figueiredo

Esse amor que ora te proponho,
É composto não só de ternura,
Não é mais uma simples aventura, 
É exposto por tais e tantos sonhos!

Nunca será em nós enfadonho,
Desfazendo então tantos nós,
Rios de amor com uma só foz,
Noutra voz, canto e até componho...

Componho em versos os sonhos,
Sonhos de amor, nossos planos...
Um amor sem fatais enganos...
Por mais que não seja tristonho,
Amor tamanho, sempre ponho...
Amor eterno, serão longos anos!


© SOL Figueiredo
12/07/2012 – às 13:15h
Publicado no Recanto das Letras em 12/07/2012 – às 13:39h
Código do Texto: T3773965– Soneto 250

Nenhum comentário:

Postar um comentário