sábado, 6 de março de 2010

CREPÚSCULO

Minha singela homenagem a todas as mulheres de todos os tempos.
Das mulheres “de Atenas que esperam seus maridos”; das mulheres como Olga Benário, que deu a vida pelos seus ideais; às mulheres que lutaram pela redemocratização da Pátria; que lutaram e lutam pela liberdade; às mulheres que labutam pelo seu pão; às mulheres que continuam a lutar pela igualdade, pelos seus direitos e pelo respeito.
À todas as mulheres que criam e recriam esse mundo todos os segundos de seu tempo, às mulheres que comandam seus destinos e os nossos sonhos.
Dia 8 de março dia Internacional da Mulher
---- ----



CREPÚSCULO
Aparecido Donizetti Hernandez


És iluminada, fostes feita da pura têmpera,
Simbolizas a liberdade,
És o símbolo dos anjos.
Como o crepúsculo,
Trazendo o Sol da vida
Para iluminar o novo amanhecer
Em cada novo nascer.
És tu que gera e regenera a humanidade
Em cada novo nascer...
Para o novo nascer, o antigo tem que morrer,
Mas, és tu que regenera
Em cada novo amanhecer dos filhos que gera.
Em seu ventre conduz o novo paradigma para a humanidade,
Como no crepúsculo que ilumina as camadas superiores da atmosfera,
Como os raios do Sol,
És os raios que ilumina uma nova Terra e uma nova Era.
Mulher, és tu que aquece,
Enriquece o renascer de minha alma
E iluminas meus caminhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário