sábado, 27 de outubro de 2012

CLEMÊNCIA


Clemência
 Eduardo Luiz Silveira

Google Imagem

Sê clemente para comigo, ó Senhor,
Pois que minh’alma de transgressor e pecador
Jaz arrependida em desespero e dor!
Sei o quanto fui errado, o quanto a Ti entristeci,
Sei que a Tua santa aprovação já perdi
E por isso, de joelhos, ponho-me diante de Ti!
Adiante jamais voltarei a repetir meu pecado,
Faz de mim um novo ser, em Teu nome purificado,
Acolhido em Teus braços, limpo e renovado!
Meu coração precisa de regras para viver,
No caminho da retidão, firme, permanecer
E perante os Teus olhos não mais me corromper!
Sei que és Tu um Deus justo, misericordioso,
Peço a Ti, arranque de mim o espírito pecaminoso
E faz de mim puro, santo, ó Deus Todo-Poderoso!
A Ti elevo minhas preces, o Teu perdão
Hás de revestir, lavar e purificar o meu coração
E contigo livre estou da eterna condenação!
Glórias a Ti, meu Deus Maravilhoso e Onipotente!
Não mais serei um ser humano inconsequente,
De agora em diante íntegro, justo e decente!


Nenhum comentário:

Postar um comentário