segunda-feira, 26 de março de 2012

EXPLOSÃO ESTELAR









 



Explosão Estelar

Luli Coutinho




E a flor ao desabrochar
Sentiu a magia do sonho
Numa explosão estelar

No vislumbre do meu peito
O aconchego do teu coração
Afagou-se em beijos à paixão

E esse teu jeito de menino
Devorou-me em esperança
Tal bailarina bordada a dança

A pele em nuances violeta
Irisou-se aos olhos verde jade
A velocidade de um cometa

Assim éramos a luz tu e eu
E te amei sem que soubesse
Ser resplendor ao corpo meu

E num encontro de gametas
Consagrados a lua e ao mar
Voamos ao encontro do céu

Luli Coutinho
19/04/09
São Paulo - SP
Esta poesia recebeu "Destaque Literário"
Classificada em 9º lugar no "Concurso Versos Inéditos"
do "Mural dos Escritores" em Belo Horizonte.
Coordenação: Ana da Cruz
31/05/09
Recanto das Letras
Código do texto: T1570246


Nenhum comentário:

Postar um comentário