quinta-feira, 25 de agosto de 2011

ABSOLUTO

ABSOLUTO
- Faces do Amor -
Aparecido Donizetti Hernandez
24 de agosto de 2011.
10h07



O tempo é relativo...
Há momentos de felicidade
Que somente nossa retina pode registrar
Ou nosso corpo sentir...

- Pequenos gestos do bebê
Quando nos reconhecem,
Leves movimentos do feto no útero,
Pequenos toques de afago,
Uma pequena folha caindo ao vento,
O rodopiar da paina
Levada ao acaso pelos céus -

Nessa efêmera vida
Onde a relatividade do tempo passa em segundos
Somente o amor não pode ser relativo...
Ele transpassa o tempo todos os tempos.

- Que o amor tenha em nossas vidas
O calor intenso do sol
E seja para nossas almas
Refrescante como a suave brisa dos dias de verão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário