terça-feira, 30 de agosto de 2011

EVOCAÇÃO

Evocação.
Delasnieve Daspet


Evoco tua alma.
Te chamo na lembrança.
E sei que me ouves,
E sei que lembras,
E sei que amo,
E sei que amas...

Já és história – lembro-te, sentimentos!
Lembro-te, saudades!
Lembro-te, sonhos!
Chamo teu espírito
Para que se funda ao meu
Para que no éter se espalhem,
Para que se misturem as nuvens gasosas,
Para que flutuem nas matas,
Para que se condensem nos rios,
Para que, como aves, cantem em surdina,
Para que, como flores, se abram, a cada manhã.
Ao beija-flor o néctar,
Grãos de areia espalhadas, infinitos,
Juntos no eterno amor de outrora!

http://www.poetasdelmundo.com/Poetas/600/Delasnieve%20Daspet




Nenhum comentário:

Postar um comentário