terça-feira, 27 de julho de 2010

CÉU DE SAGITÁRIO

A arte literária é consequência da própria vida, viver é a arte do inexplicável, das dúvidas e da esperança.

Aparecido Donizetti Hernandez


CÉU DE SAGITÁRIO
Terezinha Manczak



Estás em mim,
aridez e dilúvio de mil dias.
Estou em ti
e cada pólo alastra
temporais e desertos.
Estou em ti, nuvem diluída
esbranquiçada de desejo.
Estou em ti e aluz difusa
de um dia tardio,
liquefaz-se em brumas
de espasmos e de espantos.
Estou em ti e a lua do sol posto
em fases de sal e mel,
dispersa a melancolia
e a rubra face dos ocasos.
Estou em ti e parto
para onde tudo acaba,
como quem nada sabe.
Estou em ti e recomeço
de outras eras,
estrelas que apedrejo
e recomponho.
Estou em ti, cavalo alado
dos invernos e alvoradas.
Estou em ti e me descubro
entre fim e começo do nada.
Estou em ti, treva e calmaria.
Estás em mim
onde tudo fica e tudo cabe.


Marcas Poéticas - direito autoral de Aparecido Donizetti Hernandez


------------


Lilian Regina de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário