quarta-feira, 21 de julho de 2010

O LIVRO

A arte literária é consequência da própria vida, viver é a arte do inexplicável, das dúvidas e da esperança.

Aparecido Donizetti Hernandez


O LIVRO
Lairton Trovão de Andrade



O Livro é a nascente da sabedoria,
Da cega ignorância, o implacável crivo,
Dos homens de bem, o necessário guia
E da humanidade, o baluarte vivo.

Ele é a chave de ouro da educação,
Que afasta do mundo o pesar da incerteza;
É o amigo fiel que está à altura da mão,
Até nos momentos árduos de tristeza.

É o que dá vigor constante à inteligência,
Mesmo que se viva preso à solidão,
Grande companheiro e enlevo, com frequência,
Que aprimora muito o brilho da razão.

Como é grande o Livro, verdadeiro mestre,
Que forma discípulo de exemplar conduta!
É o burilador do caráter agreste,
Que faz dele forte pra sem trégua luta.

A quantos, na vida, o Livro foi cortês!
De todo progresso é exímio construtor;
Jamais se ufanou do bem que sempre fez,
Dando, para muitos, louros de doutor!

Exemplo de livro é o romance relido
Que fala da vida, do amor e dos prantos;
Há livro, em quantia, de normas escrito...
- Excelente é a Bíblia, que é o livro dos santos.

Leia! Leia livro de requinte, amigo!
Ele tem valor sublime e universal;
Que o bom livro seja tal como um abrigo
Contra as investidas perenes do mal.

Oh, feliz daquele que, na cabeceira,
Tem livro de estudo ou da melhor leitura!
Há de posssuir mente farta a vida inteira
E alegria imensa de semear cultura.




Marcas Poéticas - direito autoral de Aparecido Donizetti Hernandez

------------


Lilian Regina de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário